O Wolfram Alpha está no ar

Já está no ar o Wolfram Alpha, que todos os bloggeiros e twitteiros mais informados estão chamando de “o próximo Google”.

O serviço foi criado pelo Stephen Wolfram, o criador do Mathematica, que é também o software por trás do motor do Alpha. O Mathematica é um software bastante conhecido pelos acadêmicos de exatas, e é normalmente uma referência de sistema simbólico, capaz de resolver equações com variáveis, por exemplo. E agora, com o Wolfram Alpha, muita coisa que pode ser feita com este software está disponível ao público.

Não entendi muito bem porque todo mundo compara o serviço com o que o Google faz. Para mim, por definição, são serviços bem diferentes e complementares. O Wolfram Alpha foi feito para ser uma máquina de respostas, que computa uma resposta baseada no banco de dados da Wolfram Research que é alimentado por eles, enquanto os dados do Google são os dados da Internet mesmo. Por enquanto o que vejo mais é o Wolfram ocupando muito espaço que hoje é da Wikipedia (que também tem um modelo bem diferente, mas que tem uma finalidade mais parecida).

E do que o Wolfram Alpha é capaz? Pelos testes que eu fiz por enquanto, ele tem muito potencial, ainda precisa atualizar muitos dados e de tempos em tempos ele sai do ar. Ele me responde por exemplo quem foi o terceiro presidente dos Estados Unidos, mas não responde quem é o presidente da Bolívia. Me diz diversos dados sobre o clima de hoje em São Paulo, me diz em que dia da semana e daqui a quantos dias será o próximo dia das Mães no México. Plota gráficos, resolve equações como x^10 +32x^3 + 5.43x^(1/2), resolve problemas de otimização, fornece informações sobre preços de ações, mostra a estrutura de moléculas. Te responde porque a galinha atravessou a rua. Enfim, existem muitos exemplos interessantes no próprio site, e se a Wolfram descobrir uma forma escalável de alimentar essa base, acho que o serviço pode se tornar parte de nossas vidas online, junto com o Google.

A grande questão agora é se essa empreitada se paga. Não vejo um modelo de publicidade como o Adsense funcionando com o Wolfram (“Temos os melhores x^10 +32x^3 + 5.43x^(1/2) aqui! Compare preços!”). De cara, ele já é uma ótima forma de divulgar o poder do Mathematica, que até hoje é bem restrito ao mundo acadêmico, mesmo tendo funcionalidades que o tornam muito útil fora desse contexto. Outra forma mais óbvia de lucrar com isso (pelo menos para o Wolfram) é vender para alguém. O grande problema é que aparentemente a estrutura montada para o site é bem cara, utilizando supercomputadores, coisa bem diferente do Google que prefere ter um monte de servidores normais em uma infraestrutura para utilizar melhor esses recursos.

Uma forma interessante de transformar o site em negócio seria vender alguns tipos de acessos para a engine. Vamos dizer que uma empresa da área de finanças precise resolver alguns problemas matemáticos dentro de sua aplicação. Normalmente precisaria comprar algum pacote bem caro e complicado para integrar. A Wolfram poderia permitir que esses caras fizessem pesquisas no Alpha a um preço bem baixo por cada consulta. Isso geraria renda e seria um modelo escalável.

Enquanto isso a gente espera o próximo Google aparecer.

3 Respostas para “O Wolfram Alpha está no ar

  1. Pingback: Daily News About Business : A few links about Business - Sunday, 17 May 2009 09:55

  2. Pingback: Wolfram Alpha, o “buzz” pós-Cuil e Wikia Search « Webismo

  3. Pingback: Wolfram Alpha, o “buzz”; pós-Cuil e Wikia Search « Ipsis Verbis

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s